Blend de ácidos orgânicos da Nutriad atua no combate a enfermidades

Dentre as espécies mais cultivadas no mundo, o camarão cinza (Litopenaeus vannamei) e a tilápia (Oreochromis niloticus) possuem características específicas de pH intestinal, o que dificulta a ação de ácidos orgânicos oriundos dos monogástricos terrestres e geralmente utilizados para acidificação. Estas espécies aquáticas possuem um pH intestinal ligeiramente ácido partindo para neutro (no caso da tilápia) e de neutro para alcalino (no caso dos camarões).

Acompanhando o desenvolvimento técnico do setor, a Nutriad, empresa de aditivos
nutricionais adquirida recentemente pela Adisseo, desenvolveu o BACTI-NIL AQUA, um blend de ácidos orgânicos específicos para aquicultura. O produto possui um diferente modo de ação, já que é composto por uma mistura sinérgica de cinco ácidos, de cadeia
média e de cadeia curta.

Desenvolvido para atuar frente as especificidades destas espécies, o BACTI-NIL AQUA
passou por testes em diferentes universidades conceituadas pelo mundo e apresentou excelentes resultados de campo, assim como baixas concentrações mínimas inibitórias (MIC’s) para as principais bacterioses encontradas na produção aquícola. No campo
o produto está sendo usado em diferentes modelos de produção, desde semi-intensivos a intensivos com excelentes resultados tanto para os peixes quanto para os camarões, sendo uma excelente medida preventiva para o combate a enfermidades nos períodos de
desafios e pré-manejos.