China proíbe importação de camarão do Equador por problemas de doenças

Em nota distribuída hoje (25), a Associação Brasileira de Criadores de Camarão – ABCC – reitera o pedido já feito ao governo brasileiro para que proíba imediatamente a importação de camarões oriundos do Equador, ou de qualquer outro pais com potencial risco de causar desastre ambiental. Segundo a ABCC, são grandes os riscos, capazes de  devastar a indústria nacional e acarretando perdas de milhares de empregos que o setor gera.

A ABCC sustenta que a China proibiu a importação de camarões equatorianos por estarem contaminados com doenças virais como a mancha branca (novas mutações) e cabeça amarela (Yellow head). A China, por ser o maior produtor e o maior importador de camarão do mundo, teme que a disseminação desses vírus possa trazer perdas econômicas incalculáveis ao setor.