Aproximar, promover encontros – Editorial #190

Aproximar, promover encontros

2023 traz muitas oportunidades de encontros, não só entre pessoas, mas entre pessoas e o conhecimento


uando chega a maturidade, há momentos em que nos perguntamos para que fazemos o que fazemos. São as nossas respostas sinceras que nos darão o direcionamento dos próximos passos, e que não raro entrelaçam a vida pessoal com a profissional. É assim, levando na bagagem uma carreira bem-sucedida, que João Manoel Cordeiro Alves, o “entrevistado da edição” (apesar de não ter o formato de entrevista), se despede do cargo de gerente de aquicultura da Guabi para enxergar outras oportunidades e traçar planos futuros. Nós, da Panorama da Aquicultura, seguimos de olho no amigo, desejando toda felicidade e sucesso nos seus novos caminhos.  

Não é de hoje que se sabe que a antecipação dos problemas é pré-requisito fundamental em toda atividade zootécnica. Atentos a tudo o que se passa na tilapicultura, um grupo de pesquisadores do Laboratório de Sanidade de Animais Aquáticos da UFMG (Aquavet), em parceria com a Vaxxinova, observou um aumento significativo na frequência de casos de infecção por bactérias do gênero Lactococcus em diferentes regiões do país. O trabalho primoroso de identificação do patógeno pelos pesquisadores é apresentado nesta edição, incluindo as informações que levaram ao desenvolvimento da vacina, que já oferece ao produtor a segurança de seguir investindo na atividade.

Não à toa – e em busca da disseminação de bons conhecimentos – trazemos também para você, leitor, outros excelentes artigos associados à sanidade dos cultivos. Um deles, de grande interesse para quem lida com peixes, contribui com importantes esclarecimentos sobre a misteriosa doença de Haff. E, para quem está na lida com os camarões, Luiz Henrique Peregrino, da AcquaQuantica, compartilha informações relevantes para que se possa reduzir o impacto tão nefasto que o IMNV tem causado na carcinicultura brasileira.

Nas páginas a seguir os leitores também encontrarão informações sobre eventos tradicionais que só acontecem a cada dois anos. Está chegando a hora do Aquaciência, do Conbep e do Enbrapoa, encontros científicos que inundam a aquicultura brasileira com os resultados das pesquisas que vêm sendo realizadas nas nossas universidades e centros de pesquisa. 

E até quase o finzinho do fechamento desta edição deixamos espaço reservado para falar sobre o novo titular da Secretaria de Aquicultura do recém recriado Ministério da Pesca e da Aquicultura, mas janeiro acabou e o nome não veio. O que temos é o anseio do setor por um representante que, como o João Manoel, agregue em sua trajetória uma história de trabalho e experiência significativas que possam dar à aquicultura brasileira o protagonismo que ela merece e que todos esperamos. E igualmente a Panorama espera e deseja que 2023 seja um ano próspero para os nossos leitores e parceiros, e que possamos seguir juntos!

A todos uma boa leitura, 

Jomar Carvalho Filho
Biólogo e Editor