Empresa Mineira exporta filés de tilápia para os EUA

Cultivo de surubim e tilápia, em sistema intensivo com a utilização de tanques-redes colocados diretamente no rio. O projeto é aprovado pelo Instituto Estadual de Florestas, Ministério da Agricultura e pelos órgãos de monitoramento ambiental do Estado de Minas Gerais

Até o final de março a Agroindústria Fruto do Rio, de Santa Maria de Itabira – MG, deverá estar enviando para Miami o seu primeiro container refrigerado contendo 12 toneladas de filés de tilápia, resultado de um acordo comercial com uma distribuidora norte-americana que prevê, na fase inicial, o envio mensal de um container. Os planos de Maurílio Bretas, proprietário da empresa Fruto do Rio, são os de logo estar embarcando 25 toneladas mensais e para isso, o empresário se associou a outras três fazendas, que juntas produzem hoje 100 toneladas mensais de tilápia. Os peixes destinados ao abate para exportação serão apenas aqueles cujo peso estiverem entre 1 e 1,3 kg, gerando filés de 5 ou mais onças, ou seja, iguais ou acima de 140 gramas.

Os preparativos finais e as embalagens especiais para exportações já estão prontas, segundo os padrões exigidos pelos exportadores. O preço de venda é de US$ 4,5 dólares pelo quilo do filé. Segundo Maurílio Bretas, todas as despesas desde o transporte local até o embarque, passando pelo transporte marítimo, seguro, comissões, despesas aduaneiras e entre outras, estão a cargo da Fruto do Rio. Ainda assim, diz o empresário, “mesmo não sendo um negócio da China, estamos diante de um bom negócio”. Maurílo viaja para Boston para participar do Seafood Show, onde espera fazer mais contatos, abrindo os horizontes comerciais para o seu produto.