IFC 2023 reúne mais de 50 conferencistas nacionais e internacionais para falar sobre desafio e oportunidades na aquicultura

O International Fish Congress e Fish Expo Brasil chega à quinta edição consolidado como o maior evento da cadeia do pescado do Brasil e um dos maiores da América Latina. O evento internacional será realizado nos dias 19, 20 e 21 de setembro, no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, em Foz do Iguaçu – PR. A Fish Expo reúne mais de 100 empresas de nutrição, vacinas, equipamentos, entre outros, que apresentam suas soluções e tecnologias para a aquicultura. O congresso, com mais de 50 conferencistas nacionais e internacionais reúne temas de conjuntura, antecipa gargalos do setor e apresenta inovações e tecnologias que prometem revolucionar a produção de pescados.

Leia também: Governança da Aquicultura: O que precisamos saber? O que precisamos fazer?

O evento transforma Foz do Iguaçu-PR no maior fórum de debates e negócios do setor e já tem confirmados mais de 2 mil inscritos vindos de toda a América Latina, Europa, Ásia, América do Norte e África.

Programação científica: desafios de mercado e gestão

A programação científica do IFC Brasil abre no dia 19 de setembro às 9h20min. O Consultor Internacional da Empresa OD Consulting Planejamento e Estratégia,

Osler Desouzart, trata do “Desenvolvimento da cadeia de pescado à luz das demais proteínas de origem animal – Os caminhos para a consolidação”, com Osler Desouzart. Membro da Diretoria Consultiva do World Agricultural Forum, Osler fez carreira na Sadia e Perdigão. Participou da construção das exportações brasileiras de carne desde seus primeiros dias e ocupou cargos em várias associações profissionais diferentes, como ABEF e ABIPECS.

O “Mercado de tilápia em números”, será apresentado na palestra de Juliana Rodrigues Ferraz – Gestora de áreas das cadeias de suínos, frango, ovos e tilápia no CEPEA da ESALQ /USP, no dia 19 de setembro, às 14h10min.

Destaque ainda para o painel sobre a “A Internacionalização dos peixes amazônicos – Desafios e estratégias” que terá a participação de André Macedo Brugger – Gerente de Sustentabilidade e Complice da Netuno EUA, empresa que apresentou a costelinha de tambaqui, premiada como melhor produto para food service, na Seafood North América 2023; Glauber Cruvinel – Diretor Comercial da RondoFish; Bruno Leite – Sócio da empresa Zaltana Pescados.

No dia 20 de setembro, o especialista internacional Christian Jensen – Diretor Interino de Vendas da Área de Pescados da Marel – Espanha, profere a palestra“Perspectivas para o processamento de pescado frente às transformações na demanda dos consumidores”.

A apresentação “Rastreabilidade e certificação do pescado” reúne, no dia 20, às 9h10min: Anderson Luis Alves – Pesquisador e Supervisor da área de negócios da Embrapa Digital – Campinas;  e Pedro Henrique Di Martino – Relações Governamentais e Institucionais da GSI Brasil. 

Leia também: Duas semanas na Aquicultura Andina

Painel vai tratar sobre Planejamento e Gestão na Aquicultura. No dia 21 de setembro, às 8h50min, o IFC Brasil recebe Larissa Pereira Mouro – Comissão Nacional de Aquicultura da CNA para falar sobre Resultados do Campo Futuro da Aquicultura (Análise dos custos de produção na aquicultura). O tema Eficiência como suporte à gestão à aquicultura será abordado por Omar Sabbag, Professor e coordenador do curso de Agronomia na UNESP.

Larissa Pereira Mouro destaca que o campo futuro é um projeto da CNA que levanta os custos de produção de diversas atividades agropecuárias pelo Brasil e a aquicultura é uma delas. Omar Sabbag fala sobre a importância da eficiência. “Vamos abordar conceitos práticos para a aquicultura, em especial à piscicultura, focando variáveis importantes, como custos de produção, mão de obra e produtividade, enfatizando a importância da produção no país com alguns dados estatísticos. Nem sempre ser mais rentável é ser mais eficiente”.

No dia 21 de setembro, às 9h30min, o IFC Brasil 2023 apresenta a palestra: Perfil da tilapicultura do Paraná e sua importância para a compreensão da aquicultura brasileira e a formulação de políticas públicas, com o Dr. Dirceu Basso – Professor e Coordenador do Curso de Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar da UNILA.

Programação científica: nutrição e sanidade

Delbert M. Gatlin III, Ph.D, abre o Bloco Nutrição na programação científica do V International Fish Congress, dia 20 de setembro, com a palestra “Otimizando a nutrição com carboidratos para promover a sustentabilidade econômica e ambiental da aquicultura”. Delbert M. Gatlin III, Ph.D. é Professor do Departamento de Ecologia e Biologia da Conservação da Texas A&M University e membro da Faculdade Intercolegial de Nutrição. Suas pesquisas e ensino abrangem várias abordagens da aquicultura, incluindo diferentes aspectos da nutrição e alimentação de peixes.

Benny Shapira – Diretor Senior da Phibro Aqua – Israel palestra no IFC Brasil sobre “O uso de Saponinas de Quillaja para melhorar a saúde intestinal de tilápias”. A apresentação será no dia 20 de setembro, às 14h40min. Shapira destaca o uso de saponinas para melhorar a saúde intestinal em tilápia. “O intestino é um órgão vital que desempenha um papel essencial e tem várias funções: metabolismo, produção de energia e resposta imune. Portanto, a saúde intestinal é um tópico popular na saúde da Tilápia. Com o aumento dos custos das matérias-primas e a importância da eficiência alimentar, manter um intestino saudável na tilápia torna-se ainda mais crítico”.

Nos últimos anos, afirma Shapira, os efeitos benéficos do extrato botânico tornaram-se mais evidentes e assim, sua aplicação é promovida para ambos: manejo de doenças e desempenho geral na aquicultura. “As saponinas são glicosídeos que existem em muitas plantas diferentes. Eles são surfactantes naturais ou “sabões” como moléculas que espumam quando agitadas na água. Durante esta apresentação, discutiremos o potencial das saponinas na melhoria da saúde intestinal nos sistemas metabólico e imunológico da tilápia”. A palestra A tilapicultura no Sudeste Asiático e África: tendências globais de produção e estratégias nutricionais será proferida por Maarten Jay van Schoonhoven, no dia 20 de setembro, às 15h20min. Renomado especialista em imunologia e aquacultura, Maarten Jay van Schoonhoven atua na De Heus na gestão de produtos e desenvolvimento de mercado na Europa, Oriente Médio e África. 

Leia também: O abate de peixes pode (e deve) ser humanitário

Boas práticas de sanidade na produção de tambaqui com enfoque em salmonelose é o tema da palestra da Dra. Juliana Galvão, no dia 20 de setembro, às 15h50min. A Dra. Juliana Galvão, é Bióloga; Mestre e Doutora em Ciências pela USP: Especialização pela United Nations University – Fisheries Trainning Program (UNU-FTP) em Quality Management of Fish Handling and Processing. Atualmente é Especialista no Departamento de Agroindústria (USP/ESALQ) sendo coordenadora do Grupo de Estudos e Extensão em Inovação Tecnológica e Qualidade do Pescado-GETEP, desenvolvendo trabalhos de pesquisa e extensão com foco na qualidade e sustentabilidade da cadeia produtiva do Pescado: da água ao prato.

André Blanch – Gerente de Mercado Aqua MSD Saúde Animal profere a palestra “Revolução das vacinas e o controle de enfermidades virais” no IFC Brasil 2023, no dia 20 de setembro, às 15h10min.

No dia 20 de setembro, às 14h10min, o IFC Brasil apresenta a palestra: “Uso de minerais quelatados na nutrição de precisão de peixes”, com o Dr. Wilson Massamitu Furuya, Professor da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Wilson Massamitu Furuya é zootecnista, mestre e doutor em zootecnia. É Professor Titular do Departamento de Zootecnia da UEPG/Ponta Grossa, PR. É pesquisador 1D do CNPq em Produtividade em Pesquisa na área de Aquicultura – Nutrição de Peixes. Realiza pesquisas com foco na nutrição de aminoácidos em peixes de interesse comercial, especialmente tilápias. Realiza pesquisas sobre as exigências nutricionais, valor nutritivo dos alimentos, e os resultados da suplementação de aminoácidos no crescimento, eficiência alimentar, rendimento do  filé, crescimento muscular, expressão gênica, qualidade da carne, considerando os impactos econômicos e ambientais.

Aquicultura sustentável

No dia 20 de setembro, às 15h40min, o Painel sobre Sanidade em Peixes com a Peixe BR reúne a Dra Juliana Galvão – Professora e Pesquisadora no Departamento de Agroindústria da USP/ESALQ, para o Lançamento do manual de boas práticas para o controle  da salmonela em tambaqui e peixes redondos; e o Dr Henrique Figueiredo – Professor e Pesquisador da UFMG, para a Análise dos 10 anos de vacinação de tilápia no Brasil.

Leia também: Pescado nos EUA: Consumo per capita cresce 680 gramas em apenas um ano

“O bem-estar se paga: melhorar a qualidade de vida dos peixes eleva sua produtividade e rentabilidade” será um dos temas discutidos na quinta edição do IFC Brasil. Apresentam: O professor Dr. Leonardo José Gil Barcellos, Médico Veterinário, Mestre em Zootecnia, Doutor em Ciências Biológicas: Fisiologia

Universidade de Passo Fundo – UPF; e a Ph.D Caroline Marques Maia, Bióloga, Mestre e Doutora em Ciências Biológicas: Zoologia. Ela é ainda Especialista em Jornalismo Científico e em Etologia, Pós-doutoranda em Aquicultura pelo Caunesp. É especialista em peixes na Alianima e membro da equipe Fish Etho Group Association.

A Produção em Sistema de Recirculação – RAS – Avanços  e desafios para o reuso eficiente dos recursos hídricos será tema de apresentação do IFC Brasil 2023. No dia 21 de setembro, às 8h10min, o palco do IFC Brasil recebe Marcelo Shei – Sócio fundador da Altamar Sistemas Aquáticos e Yedod Snir – Fundador e CEO da MAP AQUA, Bacharel em Aquicultura e Líder em Design RAS – Estados Unidos, para falar sobre o assunto.

Confira a programação completa no site do IFC Brasil: www.ifcbrasil.com.br

Você é nosso convidado especial para participar da quinta edição do IFC Brasil, de 19 a 21 de setembro, em Foz do Iguaçu, no Paraná. O evento internacional receberá participantes do Brasil e de toda a América Latina.

O último lote de inscrições com desconto vai até 30 de agosto. Pacotes de inscrições para empresas, prefeituras e associações têm desconto! Acesse www.ifcbrasil.com.br e inscreva-se!

Sobre o IFC Brasil

Correalizado pela Fundep e Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), O IFC Brasil 2023 tem o patrocínio do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Itaipu Binacional; Ministério da Pesca e Aquicultura; Copel (Companhia Paranaense de Energia; Fomento Paraná; BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo-Sul) e OCEPAR (Organização da Cooperativas do Paraná). O evento é realizado com o apoio da APEX , MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços); ABIPESCA (Associação Brasileira das Indústrias de Pescados), PEIXE BR (Associação Brasileira da Piscicultura); ABCC (Associação Brasileira dos Criadores de Camarão); CAMARÃO BR (Associação Nacional da Cadeia Produtiva do Camarão); Unila (Universidade Federal da Integração) e UFPR (Universidade Federal do Paraná.

Leia também: Lactococose no Brasil – Vacinação desacelera a dispersão da lactococose e reduz a circulação do patógeno