Implantação de frigorífico é aprovada em MT; empreendimento saiu por R$ 800 mil

 
31/7/2013
O Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) aprovou o projeto de licenciamento ambiental para implantação de um frigorífico de processamento de peixe no município de Comodoro (639 km de Cuiabá). Fonte: AgroOlhar

O projeto foi considerado de pequeno impacto ambiental por estar localizado em zona de enfraquecimento da Terra Indígena Nambikwara.
O frigorífico terá a capacidade para processar cerca de 1500 kg de pescado por turno de trabalho. O investimento de quase R$ 800 mil foi disponibilizado pelo Fundo Constitucional do Centro-Oeste Rural (FCO) na linha de Financiamento de Apoio ao Desenvolvimento da Aqüicultura. A empresa usará técnicas e equipamentos modernos para o tratamento dos resíduos, para o inicio, terá liberação para comercialização de pescado em todo o Estado de Mato Grosso.
De acordo com os responsáveis pelo frigorífico, a importância da regularização por parte dos piscicultores é necessária para os inícios dos trabalhos, pois a produção de pescado informal não poderá ser processada na agroindústria. O projeto foi aprovado reunião ordinária realizada no Plenário da OAB em Cuiabá na última quinta-feira (25).
De acordo com a assessoria, a reunião foi necessária para a aprovação do empreendimento pelo Consema, por se tratar de empresa agroindustrial e de meio ambiente. O conselho é formado por órgãos e instituição representativas do poder público, como a Secretária de desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Ministério Público Estadual e entidades da sociedade civil organizada, como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Mato Grosso (FETAGRI), e entidades ambientalistas não governamentais.
O engenheiro florestal, Robervane Oliveira, defensor do projeto durante a reunião e um dos sócios do empreendimento, destaca que o frigorífico é uma grande oportunidade de desenvolvimento social e econômico que está se fixando na região Oeste de Mato Grosso, e tem condições de atender uma demanda de produção e de consumo num raio de 500 km da agroindústria, abrangendo 53 municípios de Mato Grosso e 39 cidades do estado de Rondônia.
Para o empresário e piscicultor em Comodoro, Alceu Neves, uma grande barreira foi superada. ’O mundo vive uma preocupação muito grande em relação às atividades econômicas e sua relação com o meio ambiente, resíduos gerados entre outras coisas, a aprovação do nosso projeto, por representantes de todos estes órgãos nos dá a clara certeza de que estamos no caminho certo e com muita perseverança atingiremos nossos objetivos que é colocar a planta em funcionamento’ concluiu.

Fonte: EXPRESSOMT
http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/implantacao-de-frigorifico-e-aprovada-em-mt-empree-72341.html