Informe empresarial – Grupo Matsuda – edição 131

Inaugurada mais uma fábrica em Cuiabá-MT

Laboratório e fábrica de ração
Laboratório e fábrica de ração
Jorge Matsuda na solenidade de inauguração
Jorge Matsuda na solenidade de inauguração

Uma solenidade realizada no dia 4 de junho, em Cuiabá, MT, que contou com a presença do governador do Estado do Mato Grosso, Sinval Barbosa, e centenas de convidados, marcou a inauguração da segunda fábrica de rações para peixes, cães e gatos do Grupo Matsuda.


Com investimentos de 25 milhões de reais, a nova fábrica possui 4.200 metros quadrados de área construída. Segundo Marco Nastari, médico veterinário responsável pelo segmento pet e rações para peixes do Grupo Matsuda, o novo empreendimento já gera 75 empregos diretos e pelo menos 300 indiretos, e fará com que as rações para peixe da Matsuda possam agora ser distribuídas pelos estados da Região Norte, Centro-Oeste, e o Estado de São Paulo.

O Grupo Matsuda hoje atua nos seguintes segmentos dentro do agronegócio:

• Nutrição animal, com a fabricação de suplementos minerais, energéticos e proteicos para bovinos de corte e de leite, ovinos, caprinos e equídeos, hoje com capacidade total de 69 mil toneladas/mês;
• Sementes para pastagens tropicais, setor em que a empresa ocupa a primeira posição no ranking mundial;
• Equipamentos agrícolas;
• Saúde animal;
• Linha pet de rações para cães e gatos;
• Rações para peixes.

Para manter um alto padrão de atendimento em todos esses setores, o Grupo Matsuda conta ainda com o suporte e a capilaridade de mais de 200 representações em todo o Brasil, além de exportar seus produtos para 26 países.

A primeira fábrica de rações do Grupo Matsuda foi inaugurada em 2002 na cidade de São Sebastião do Paraíso – MG, e sua capacidade atual de produção é de 3 mil toneladas/mês de extrusados. Para Jorge Matsuda, presidente do Grupo, a fábrica de alimentos para peixes que acaba de ser inaugurada em Cuiabá “é um mega investimento de tecnologia e foi planejada pelos melhores especialistas da área, para ser uma fábrica modelo, com a finalidade de produzir o que há de melhor para a nutrição de peixes e pet”. Para isso conta com os moderníssimos equipamentos projetados e construídos sob medida pela Ferraz Máquinas e Engenharia Ltda.

Apesar do chão da fábrica de Cuiabá ter sido projetado com capacidade para abrigar até quatro linhas de extrusão, neste início de operação a fábrica vai trabalhar com apenas uma extrusora, com capacidade para processar 36 toneladas/hora em farelos e 10 toneladas/hora na extrusão. A segunda linha de produção, segundo Jorge Matsuda, entrará em funcionamento em abril de 2013, ocasião em que a fábrica estará produzindo 20 toneladas/hora de extrusados. “A nossa estimativa é a de que 80% de todo volume produzido será de rações de peixes e 20% de cães e gatos”, diz Matsuda.

Não existe data marcada para a entrada em funcionamento da terceira e quarta linha de extrusão, mas, segundo o presidente do grupo, bem antes disso será adotado um segundo turno de trabalho para que a produção possa ser dobrada.

Na nova fábrica de Cuiabá serão produzidas as rações da linha Vitta Fish e Aquapesca, as mesmas atualmente fabricadas na unidade de São Sebastião do Paraíso – MG, elaboradas especialmente para cada fase de vida: pós larvas, alevinos, juvenis e engorda. Até outubro deste ano, será lançada uma linha especial, a “Vitta Fish Espécies Amazônicas”, com formulações mais específicas, e mais balanceadas, direcionadas aos produtores das Regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil.

Laboratório e fábrica de ração, e Jorge Matsuda na solenidade de inauguração

Para atender o rigoroso padrão de controle de qualidade que caracteriza a linha de rações de peixes Matsuda, foi construído, ao lado da unidade fabril, um moderníssimo laboratório que irá assegurar a integridade, tanto dos ingredientes como do produto final. Mais informações sobre os produtos Matsuda, podem ser obtidas em www.matsuda.com.br.