Maior cadeia mundial de restaurantes só consome camarões produzidos segundo as melhores práticas da aqüicultura

A Aliança Global para a Aqüicultura (GAA), organização internacional sem fins lucrativos, dedicada a promover a aqüicultura responsável, anunciou no final de dezembro, que os restaurantes da cadeia Darden Inc., a maior cadeia do mundo, tanto em vendas como em participação no mercado, passou a apoiar as “Melhores Práticas na Aqüicultura” (BAPs na sigla em inglês), passando a exigir que seus fornecedores de camarão, sejam certificados segundo esses padrões de produção.

As “Melhores Práticas na Aqüicultura” (BAPs), recentemente revisadas pela GAA, estabelecem os padrões, diretrizes e também procedimentos de auditoria que limitam os impactos ambientais e garantem a qualidade dos camarões ao longo de todo o processo produtivo. Desenvolvida pela GAA com o auxílio de técnicos especialistas e organizações não-governamentais, as BAPs abrangem práticas para os laboratórios de larvicultura, fazendas de engorda e indústria de processamento em todo o mundo.

Para o presidente da GAA, Goerge Chamberleain, não é uma surpresa a Darden Restaurants ter sido a primeira empresa a apoiar as BAPs, já que também foi a primeira a apoiar a aqüicultura responsável e a segurança alimentar dos pescados. Ao exigir camarões certificados segundo as BAPs, a Dardens, proprietária de mais de 1.400 restaurantes como as conhecidas marcas Red Lobster, Olive Garden, Bahama Breeze, Smokey Bones e Seasons 52, reforça ainda mais o seu já conhecido programa interno de qualidade dos alimentos, disse Chamberlain. Já o vice-presidente da Darden, George Williams, espera que “esse programa de certificação estimule as práticas sustentáveis ao longo de todas as etapas da atividade produtiva do camarão, e que isso reflita na proteção de regiões úmidas, no manejo de efluentes e dos produtos químicos”.

A aquisição de camarões certificados também é uma tendência entre os supermercados. A cadeia Wal-Mart foi a primeira a dar garantias de que o camarão comercializado em suas lojas é criado de acordo com as Boas Práticas da Aqüicultura preconizadas pelo GAA, por acreditar que esse é um importante passo rumo a conquista da credibilidade do consumidor. A Wal-Mart Stores, Inc. opera também as lojas Supercenters, Neighborhood Markets e SAM’S CLUB localizadas nos Estados Unidos e presentes na Argentina, Brasil, Canadá, China, Costa Rica, El Salvador, Alemanha, Guatemala, Honduras, Japão, México, Nicarágua, Porto Rico, Coréia do Sul e Reino Unido.

Os padrões das Melhores Práticas de Aqüicultura são implementados após visitas de inspeção seguidas de auditorias feitas pela empresa Aquaculture Certification Council, Inc. (ACC), que vem formando um time de certificadores independentes ao redor do mundo. São realizadas análises que vão da infra-estrutura das instalações até as amostras de efluentes, de modo a se conhecer as tendências dos impactos. Além disso, a ACC exige a rastreabilidade de todos os produtos e insumos utilizados até o momento do processamento.

A Global Aquaculture Alliance se prepara, neste momento, para certificar fábricas de ração para camarão e laboratórios, para checagem da segurança alimentar dos produtos finais prontos para o consumo. Uma vez terminada essas etapas, a GAA introduzirá os padrões para a certificação de peixes e moluscos cultivados.