Município de Palhoça inaugura sua unidade de beneficiamento de moluscos

Com a presença do governador do Estado de Santa Catarina, Esperidião Amin o Município de Palhoça inaugurou em junho passado a sua Unidade de Beneficiamento de Moluscos com capacidade para beneficiar 5 mil kg de moluscos. Os fornecedores são 150 produtores que desenvolvem suas atividades de cultivo no município. O produto é levemente refrigerado e vendido in natura, com um prazo de validade de 5 dias. Depois de retiradas as conchas os moluscos são cozidos ensacados para a venda cujo preço do quilo disponível ao consumidor fica em torno de R$ 3,50. Com o aumento de produção esperado para os próximos anos, este preço deverá ser mantido. A planta de beneficiamento de Palhoça faz parte de um projeto do MMA/PNMA/PED em convênio com algumas prefeituras municipais, que têm como objetivo construir ainda mais duas unidades no estado. O Município de Bombinhas já possui há dois anos uma unidade em pleno funcionamento e atende cerca de 150 mitilicultores, cuja produção chegou em 1999 a 2500 toneladas diárias. Já neste ano se espera um aumento para 3 mil e a meta é alcançar 8 mil toneladas quando as quatro unidades estiverem funcionando. Para a realização do projeto foram investidos cerca de R$ 300 mil. O Governo Federal cedeu uma verba de R$ 200 mil e a Prefeitura de Palhoça R$ 100 mil para a aquisição do terreno e construção. Segundo o Secretário Municipal de Agricultura, o engenheiro agrônomo Hélio de Oliveira Filho, este projeto é inovador na área, já que se mostra um misto de sociedade anônima e cooperativa. Além dos produtores estão também envolvidos no projeto, um técnico extensionista rural contratado pela Prefeitura e uma Cooperativa formada por um grupo de mulheres.