Notícias & Negócios – Edição 40

ABRAT FAZ 10 ANOS – O décimo aniversário da ABRAT- Associação Brasileira de Truticultores, será comemorado no dia 25 de maio, durante o XI Encontro Nacional de Salmonicultores em Campos de Jordão – SP. Há uma década, alguns truticultores juntaram suas forças para criar uma associação cujo objetivo inicial era tentar solucionar os problemas decorrentes da falta e da má qualidade das rações então disponíveis no mercado. Dez anos se passaram e muitas conquistas estão sendo comemoradas pelos associados, como a “Central de compras” que gera importantes recursos utilizados na pesquisa e no marketing. Entretanto, a preocupação com a disponibilidade e qualidade das rações para trutas está longe de acabar e, para este Encontro, foram convidados os representantes de todas as fábricas de rações para trutas, que terão a oportunidade de exporem detalhadamente seus planos para o futuro. Campos do Jordão receberá também, os mais importantes especialistas brasileiros em salmonicultura, que participarão de uma mesa redonda sobre os avanços tecnológicos conquistados na última década. Parabéns ABRAT.

GUERRA DE PREÇOS – Os frigoríficos do Oeste do Paraná foram surpreendidos na última safra com a voracidade dos atravessadores que compraram as tilápias da região para revende-las aos pesque-pagues, pagando aos produtores, mais que os frigoríficos podem pagar. Com isso, faltou peixe para a indústria e a coisa ficou séria, acarretando no fechamento de frigoríficos, como foi o caso da AQUIOPAR. Para a próxima safra, representantes dos frigoríficos-abatedouros pretendem combater esse esquema. A estratégia será pagar por essas tilápias um preço mais alto que o dos atravessadores, e revendê-las aos pesqueiros paulistas por um preço mais baixo do que o que estiver sendo negociado por eles. Segundo o engenheiro de pesca Tassiano Maranhão, do Frigopeixe, isso, além de lucrativo, inibirá o assédio dos atravessadores e fortalecerá a indústria local, a principal responsável pelo desenvolvimento da tilapicultura na região. Para Adyr Mendes, da Pisces, isso talvez nem venha a ser necessário. Segundo ele, o crescimento do mercado estimulou o aparecimento de muitas pisciculturas no próprio Estado de São Paulo e nos municípios paranaenses mais próximos da capital paulista que, pela proximidade, acabarão por atrair os caminhões dos atravessadores. Ainda segundo ele, não irá mais faltar tilápias na região. Agora é aguardar para ver.

À DISTÂNCIA – Com a intenção de difundir e levar ao técnico de campo algumas informações atualizadas da tecnologia de produção de peixes, professores e pesquisadores da área de aqüicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Estadual de Maringá, utilizam-se da metodologia de ensino a distancia e promovem em treze módulos o “Curso de Atualização em Piscicultura de Água Doce por Tutoria a Distância”. No programa do curso, que será realizado de junho de 97 a junho de 98, estão agendadas três reuniões práticas, com periodicidade quadrimestral, para orientações e avaliação dos participantes que, para serem aprovados, deverão participar de pelo menos duas reuniões técnicas. Maiores informações com a AZOPA – Associação dos Zootecnistas do Paraná, tel: (044) 261-4367 e fax: (044) 226-2527.

V EMBRAPOA – Já tem data marcada o V EMBRAPOA – Encontro Brasileiro de Patologistas de Organismos Aquáticos. O encontro será realizado em Maringá – PR, juntamente com o I Encontro Latino-americano de Organismos Aquáticos, e está agendado para os dias 21 a 24 de setembro do próximo ano. Os eventos que acontecerão simultaneamente, não possuem ainda logotipo e a ABRAPOA está solicitando sugestões. Os interessados em participar do concurso deverão enviar seus desenhos até o final de maio e, o logo escolhido, dará ao seu autor a isenção da taxa de participação nos Encontros. Maiores informações sobre a ABRAPOA na Universidade Estadual de Maringá, Av. Colombo 5790 – Campus Universitário – CEP 87020-900 – Maringá – PR. tel. (044) 263-1616, Celular (044) 972-1874, Fax (044) 263-1424 ou pelo novo e-mail: [email protected]

PEIXES VIVOS – O Governo do Estado do Rio de Janeiro está trabalhando sério para promover o desenvolvimento da piscicultura nos municípios do norte do Estado. A FIPERJ, responsável pelo fomento, acaba de adquirir um caminhão F-4000 da Bernauer Aquacultura, para a Estação de Piscicultura do município de Rio das Flores. O caminhão, com capacidade para o transporte de 400 a 800 kg de peixes ou 250.000 alevinos, será entregue pessoalmente pelo governador Marcelo Alencar e será utilizado na compra de peixes para o pesque-pagues, transporte de reprodutores e distribuição de alevinos. Aliás, o transporte de peixes em veículos especializados cresce como um dos negócios mais lucrativos na atividade, e está tornando possível transportar peixes para distâncias cada vez maiores com total segurança. Atualmente, a maior frota brasileira de caminhões para transporte de peixes vivos pertence a Piscicultura Piauçú, no Paraná, que acaba de adquirir da Bernauer o seu quinto caminhão, composto de 5 caixas Transfisch.

NOVA DIRETORIA – Tomou posse desde o dia 8 de fevereiro a nova diretoria da ABRACOA – Associação Brasileira de Criadores de Organismos Aquáticos, que tem agora como presidente João Donato Scorvo Filho, do Instituto de Pesca de São Paulo. Para contactar a ABRACOA, os interessados devem se dirigir a: Av. Francisco Matarazzo, 455 – Água Branca – São Paulo – SP. Tel: (011) 262-8274

IFA BRASIL 97 – A IFA Brasil 97, a Primeira Feira Internacional de Aqüicultura a ser realizada no Brasil já conta com a participação confirmada de empresas como a Bernauer Aquacultura que já adquiriu seu stand para expor seus equipamentos e da WAS que estará presente com suas publicações. A IFA Brasil 97, organizada pela Gessulli Eventos e pela Royal Dutch Jaarbeurs, da Holanda estará acontecendo no período entre 15 e 17 de outubro no Expo Center Norte, o mais moderno complexo de exposições de São Paulo, instalado com toda infra-estrutura necessária para feiras de negócios. Criadores de peixes, fabricante de alimentos, refrigeração, processamento, consultorias, pesquisas, transportes e embalagens entre outros assuntos, estarão atraindo um público ávido por novos produtos, tecnologias e insumos. Aqueles que tiverem suas empresas na América Latina e desejarem maiores informações de como participar e expor seus produtos ou serviços, devem solicitá-las a redação da Panorama da AQÜICULTURA tel: (021) 553-1107 e fax: (021) 553-3487, que está apoiando o evento por acreditar que ele será um marco no desenvolvimento da aqüicultura em nosso país.

RAIO X – Acaba de ser editado pela Infopesca o volume “El mercado del pescado en Montevideo”. É o primeiro de uma série de dez publicações, destinadas a detalhar o mercado de pescados nas principais cidades da América Latina. De acordo com o cronograma, as próximas cidades que terão seu mercado descortinado serão Buenos Aires, Rio de Janeiro, São Paulo, Cidade do México, Santiago, Lima, Santafé de Bogotá, Caracas, encerrando com Recife. Este trabalho pretende preencher um enorme vazio na informação do negócio da pesca e da aqüicultura. A publicação aborda as fontes de abastecimento, o perfil dos consumidores, o comportamento do consumo, as decisões para importação, empresas, cifras e todas as variáveis do mercado. O primeiro volume sobre Montevideo custa US$ 30. Para maiores informações, Infopesca – Casilla de Correo 7086, Julio Herrera y Obes 1296, C.P.: 11.200 Montevideo, Uruguay. Fone: (598) 2 928701 / 928702, fax: (598) 2 930501, e-mail: [email protected]

POND VERSÃO 3.0 – Foi grande a procura pelo software Pond 3.0. Conforme noticiamos na edição passada, o Pond Dynamics Aquaculture Collaborative Research Support Program é um programa de pesquisa que visa aumentar a eficiência dos sistemas de aqüicultura, identificando os problemas que impedem o aumento da produção. O software pode ser conseguido diretamente na internet no endereço http://biosys.bre.orst.edu/pond/pond.htm. Para aqueles que não tem acesso a WWW ou têm dificuldades de fazer download, a Panorama da AQÜICULTURA dispõe de uma cópia que recebeu da Oregon State University com manual de 63 páginas . Estamos enviando gratuitamente à todos os assinantes que nos solicitarem, bastando para isso enviar correspondência à nossa redação, anexando cheque nominal à Panorama da Aqüicultura Ltda. no valor de R$ 30,00 referentes a despesas com cópia xerox do manual, disquete e envio via SEDEX.