Piscicultura é destaque em Belo Horizonte

A piscicultura mineira obteve grande crescimento nos últimos dez anos, representando uma boa alternativa de emprego e renda para os produtores do Estado de Minas Gerais.

Ao contar com o suporte de diversas instituições de excelência em pesquisa aqüícola, como as universidades de Lavras e de Viçosa, Minas Gerais contabiliza centenas de piscicultores espalhados em várias regiões do estado e um volume de cerca de 9 mil toneladas de peixes produzidos, além da grande quantidade de corpos hídricos propícios ao desenvolvimento da aqüicultura, como o Reservatório de Furnas.

Segundo estimativa da EMATER-MG, estão instalados no Estado, aproximadamente 14 mil criadores, dos quais 8.900 contam com a assistência técnica oficial. Neste contexto, Minas Gerais foi escolhido para sediar a edição itinerante da AquaFair – Feira Internacional de Aqüicultura e Pesca. O evento acontecerá entre os dias 10 e 12 de abril, no Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais – ExpoMinas – em Belo Horizonte (MG), paralelamente ao evento AveSui Regiões organizado pela Gessulli Agribusiness. A Aquafair oferece também uma oportunidade de intercâmbio de informações e a experiência de especialistas que participarão de um seminário técnico que se realizará paralelamente à feira. Os organizadores do evento selecionaram temas de interesse do setor, tais como a produção de peixes, incluindo os ornamentais; sanidade; manejo; nutrição; inspeção sanitária e qualidade de água para cultivo, entre outros. Alguns especialistas já confirmaram presença para a coordenação e debate dos temas. Os interessados em participar do evento podem conhecer a programação completa e fazer suas inscrições pelo site: www.aquafair.com.br