POD debate melhoramento genético da tilápia

Por Juliet Manfrin  

A importância de melhorar a genética da tilápia produzida em cativeiro para o crescimento da piscicultura no oeste do Paraná será um dos temas do 1° Encontro Regional de Piscicultura. O evento será realizado nesta sexta-feira, às 8h, no Centro de Convenções Ismael Sperafico, em Toledo. A promoção é da Câmara de Peixe do POD (Programa Oeste em Desenvolvimento), do qual a Itaipu Binacional faz parte.

O objetivo do encontro é debater as tendências da atividade na região, considerada referência para o Brasil. “O bom desempenho da piscicultura no Oeste já; estampou várias revistas especializadas em 2017, mas ainda exige investimentos e estudos”, explicou a secretária da Cãmara Técnica de Peixe, Victória Diniz.

O especialista Elias Nunes Martins, agrônomo e doutor em zootecnia, adiantou que melhorar a qualidade dos os alevinos dentro da propriedade seria um ganho muito grande para a piscicultura regional.

Segundo ele, apesar de a piscicultura no oeste ter um volume grande de produção, ainda depende da compra de alevinos com genética desenvolvida fora da região, dificultando a adaptabilidade e a sobrevivência dos peixes. “Alé;m da sobrevivência, dificulta o acasalamento e resistência ao manejo”, disse.

Durante a palestra, Martins abordará desde a necessidade dessa prática até a implantação e execução do programa. “Quando produzimos nossos próprios alevinos temos condições de fazer várias avaliações, inclusive, adaptá-las ao interesse do mercado”, explicou.

Fonte: O Paraná
https://www.oparana.com.br/noticia/pod-debate-melhoramento-genetico-da-tilapia