SOFIA 2018: O planeta está se aproximando do seu nível máximo de capacidade de pesca? Não tão rápido, diz um estudo

Roma, Itália – A produção pesqueira mundial continuará aumentando na próxima década, apesar do fato de que a quantidade de peixes capturados no ambiente natural tenha se estabilizado e o crescimento da aquicultura, que anteriormente era exponencial, estar diminuindo, de acordo com novo relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

A última edição de El estado mundial de la pesca y la acuicultura (SOFIA por sua sigla em inglês) informa que, até 2030, a produção combinada da pesca de captura e aquicultura alcançará  201 milhões de toneladas.

Trata-se de um aumento de 18% em relação ao nível atual de produção, de 171 milhões de toneladas.

Mas o crescimento futuro exigirá esforços contínuos para fortalecer os regimes de gestão de pesca, reduzindo perdas e desperdícios, e abordando questões como a pesca ilegal, a pcontaminação dos ambientes aquáticos e a mudança climática, de acordo com o relatório.

“O setor pesqueiro é crucial para cumprir a meta da FAO de um mundo sem fome e desnutrição, e sua contribuição para o crescimento econômico e o combate à pobreza está aumentando”, disse o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva.

“No entanto”, acrescentou ele, “o setor não está isento de desafios, incluindo a necessidade de reduzir o porcentual de estoques de peixes capturados além da sustentabilidade biológica”.

Leia mais  

Referência:
FAO. 2018. El estado mundial de la pesca y la acuicultura 2018. Cumplir los objetivos de desarrollo sostenible. Roma
Faça o download em: http://www.fao.org/3/i9540es/I9540ES.pdf 

Fonte: Aquahoy
https://www.aquahoy.com/el-acuicultor/31974-sofia-2018-se-acerca-el-planeta-a-su-nivel-maximo-de-capacidad-de-pesca-no-tan-rapido-asegura-un-estudio